blog post img

Produzindo com consciência e equilíbrio

Produtividade é um dos pilares da existência de uma empresa. Pense em um jogo de futebol, seja ele americano ou brasileiro. Em uma empresa, precisamos sempre de um técnico, que comande tudo, de jogadores candidatos a capitão ou atacante e de reservas. Com isso tudo, precisamos de resultados. Não há empresa que sobreviva sem resultados. É como um coração. Se ele para, a empresa terá o mesmo fim.

Alguns dos caminhos para o aumento da produtividade de uma equipe é, antes de mais nada, saber gerir pessoas. A partir daí, é necessário saber gerar conflitos, alinhando a equipe rumo à vitória. É todo um processo que envolve desde o empresário, passando pelos gestores, até os funcionários para, assim, se chegar a um bom resultado final. Então, um dos maiores segredos da produtividade é saber gerir pessoas e seus comportamentos. Treiná-las é fácil, mas geri-las é uma das maiores dificuldades, por terem emoções e por pensarem de formas diferenciadas.

Podemos citar três fatores que auxiliam nos negócios e que também, consequentemente, abrem portas para uma boa produtividade de forma geral. O primeiro deles é o desejo de mudança, mudança de visão, tentando enxergar a própria capacidade e o que realmente queremos. Em segundo lugar, é preciso entender tudo sobre pessoas, como elas funcionam, como agem. O negócio do mundo ontem, hoje e sempre são pessoas. Seus clientes, seus fornecedores, seus colaboradores, seus familiares, todos são pessoas. E o terceiro fator são as estratégias e o trabalho em si. Ninguém chega a lugar nenhum se não possuir uma boa estratégia.

Quando apresentamos nosso trabalho, citamos o caso de um rapaz que ganhou R$1 milhão de reais em 22 dias. E qual é o milagre? Não há. É preciso ter mudança de crenças e valores pensando de forma diferente. Claro que precisamos pensar, agindo! É preciso saber lidar com pessoas e, simplesmente, trabalhar. Sem o trabalho e sem o fazer de todas as estratégias funcionarem não há como chegar em produtividade e resultado.

Precisamos tirar de dentro de nós todas as habilidades que temos. Possuímos todos os recursos necessários para conseguirmos qualquer coisa, para sermos felizes, para amarmos, para ganharmos dinheiro. Mas é preciso fazermos a diferença para desenvolvermos esses recursos. Com isso, nos alavancamos tanto em nossa vida pessoal quanto na profissional e, assim, passamos, também, a ser mais produtivos em nossos trabalhos.

Um outro fator importante é o equilíbrio em nossa vida. Você pode ter dinheiro, mas não tem saúde, e isso não adianta. Você pode ter saúde, dinheiro, mas não tem a família do lado, e isso também não adianta. Você pode ter saúde, dinheiro, família, mas seu lado profissional não está bom, e isso também não vai adiantar. Então, o equilíbrio emocional também acaba sendo uma questão muito agregadora.

Onde você está, quem é você hoje e aonde quer chegar? Quem você quer ser? Há uma distância entre esses caminhos. A aprendizagem sobre todo este processo de como chegar aonde se quer contribui também, e muito, para o seu desenvolvimento e atuação. Dizem para você ganhar mais dinheiro, para você ser mais feliz no trabalho, mas ninguém lhe diz como. A reunião de todos esses fatores faz o sucesso se aproximar em todos os sentidos, e nada se torna inalcançável.

Nos meus 20 anos de experiência, cito algo que é fácil de entender. É como se fosse um cavalo e um cavaleiro. O cavalo é o nosso inconsciente, aquilo que nós não controlamos e não conhecemos. E o cavaleiro é a nossa parte consciente. Então, normalmente, quando deixamos o cavalo nos conduzir, ele pode nos levar a um lugar que não gostamos, para um despenhadeiro, ou seja, perdemos a direção e as rédeas. Quando aprendemos a lidar com nossas emoções, é como se o cavaleiro pegasse essas rédeas e passasse a conduzir o cavalo. E o convite que faço é que todos nós possamos conduzir esse cavalo. Produtividade ao máximo, sim, é possível! Você só perde para você mesmo e, com a consciência disso, você e sua equipe alavancam! E como!